Como

Receita de bem viver

Ralph Waldo Emerson

Receita de bem viver, rir muito e com freqüência: ganhar o respeito de pessoas inteligentes e o afeto das crianças; merecer a consideraçãode críticos honestos; suportar a traição de falsos amigos; apreciar a beleza; encontrar o melhor nos outros; deixar o mundo um pouco melhor, seja por uma saudável criança, um canteiro de jardim de uma remida condição; saber que ao menos uma vida respirou mais fácil porque nós vivemos. Isso é ter tido sucesso.

Revenue to live well, laugh a lot and frequently: win the intelligent people's respect and the children's affection; deserve the consideration of honests criticals; support the false friends betrayal; appreciate the beauty; find the best in the other ones; leave the world a little better,be for a healthy child, a stonemason garden of a remitted condition; know that at least a life breathed easier because we lived. That is to have had success.

Ralph Waldo Emerson

Ensaísta, poeta, conferencista, filósofo e orador norte-americano. Nasceu em 25 de maio de 1803, Boston, Massachusetts, tipo humano Gêmeos, signo Ar, regência Mercúrio, pedra Ágata e flor Esporeira. Faleceu em 27 de Abril de 1882, Concord com 78 anos e 337 dias de idade. Uma das principais figuras do pensamento e da literatura norte americanos.

Reuniu elementos do passado e deu-lhes forma literária, exercendo importante influência nas obras de vários autores norte americanos, como Henry David Thoreau, Herman Melville, Walt Whitman, Emily Dickinson, Henry James e Robert Frost.

O início de sua vida foi marcado pela pobreza, pela frustração e pela doença. Filho de um ministro da Igreja Unitária, Emerson, depois de estudos na Universidade de Harvard, ordenou-se pastor em 1829. Insatisfeito com essa atividade, abandonou-a em 1832. A seguir, viajou durante um ano pela Europa. Ao voltar, iniciou sua carreira como escritor e conferencista. Emerson morreu em 27 de abril de 1882.

As fontes do pensamento de Emerson podem ser identificadas em muitos movimentos intelectuais - Platonismo, neoplatonismo, puritanismo, poesia do Renascimento, misticismo, idealismo, ceticismo e romantismo. Seu estilo em prosa, em seus melhores exemplos, mostra-se ágil, simples e econômico.

Seu primeiro livro, Natureza (1836), foi recebido com certo entusiasmo, sobretudo pela juventude de seu tempo. A obra expressava os princípios mais importantes de um novo movimento filosófico denominado transcendentalismo. Pouco depois de sua publicação, formou-se um grupo de discussão, tendo Emerson como líder. Esse grupo recebeu mais tarde o nome de Clube Transcendental, e publicou uma influente revista, The Dial (O Quadrante), dedicada à literatura e à filosofia. O próprio Emerson dirigiu o periódico de 1842 a 1844.

Nos dois volumes dos Ensaios (1841 e 1844) talvez se encontre a parte mais característica e duradoura da obra de Emerson. Em Homens representativos (1850), Emerson reuniu uma série de ensaios semicríticos e semibiográficos sobre Platão, Swedenborg, Montaigne, Shakespeare, Napoleão e Goethe.

Sua obra poética segue modelos convencionais, caracterizando-se pela economia de recursos e simplicidade de imagens. Os dois volumes de poesia que apareceram durante sua vida, Poemas (1846) e Dia de maio (1867) contêm alguns dos melhores versos da poesia norte-americana do séc. XIX.