Tudo é uma questão de escolha

Duas rãs brincavam distraidamente e saltitavam dentro de um curral, de repente num desses saltos caíram ambas num latão cheio de leite, as bordas do latão eram lisas e altas.

Não havia a menor possibilidade de saírem dali mergulhadas no líquido, não havia como impulsionar o corpo e saltar para fora, ao perceber que sua amiga estava quase se afogando a primeira rã disse:

— Não esmoreça, continue batendo os braços, mantenha-se flutuando.

— Não adianta, respondeu a outra, estou exausta. E de que adianta manter-me flutuando se não existe nenhuma maneira de sair daqui..

— Não desista. Mantenha a calma e lute, enquanto há vida, há esperança, continue batendo os braços com toda força.

— Não vale a pena, estou me cansando e não consigo ver comopodemos nos salvar.

Dito isso, parou de se debater, afundou e morreu afogada.

— Não posso desistir, disse a primeira, deve haver uma saída, vou continuar me debatendo, tenho que me manter viva. Debateu-se a noite inteira, e debateu-se tanto dentro do leite que este acabou virando manteiga.

Agora sim. Apoiada sobre uma base sólida bastou descansar um pouquinho, tomar impulso para fora do latão e recomeçar sua vida.

Tudo é uma questão de perseverança, desde que o mundo é mundo os problemas são os mesmos, cada um de nós tem uma maneira diferente de enfrentá-los e essa maneira que vai determinar o sucesso ou fracasso.