Programe sua mente para aprender inglês

A Branca Folha de Papel

Autor desconhecido

A branca folha de papel falou assim, um dia:

— Pura fui criada e pura permanecerei para sempre. Prefiro ser queimada e convertida em brancas cinzas, a suportar que a negrura me toque, ou o sujo chegue junto a mim.

O tinteiro ouviu o que a folha de papel dizia, e riu-se em seu escuro coração; mas não ousou aproximar-se dela.

E o lápis de cor ouviu-a também e nunca se aproximou.

E a folha de papel, branca como a neve, permaneceu pura e casta para sempre...

Pura, casta, branca ... e VAZIA!

  M a r t h a
  martha carrer cruz gabriel
  www.martha.com.br
  www.ociocriativo.com.br