Como

Felidade dos Simples

Paulo Roberto Gaefke

Mais que amor, devemos querer respeito aos nossos sentimentos; mais que amizades, devemos buscar a cumplicidade de um olhar amigo; mais que pais amigos, o aconchego de uma família;mais que a escola, a sabedoria e a satisfação de aprender; mais do que ler um livro, viajar na história, ter prazer; mais do que a emoção, viver a situação com a razão.

Hoje, caminhamos como cegos em busca da felicidade, ouvindo rumores aqui e ali, uns dizem que a felicidade está lá, no meio de um monte de bens materiais, mas depois de muito consumo, nos pegamos no vazio...

Outros dizem que a felicidade está aqui, no calor de um relacionamento e da paixão, mas a paixão passa e a felicidade não fica.

Existem os que afirmam que a felicidade está na religião, mas as religiões não se acertam, discutem, brigam, cada uma se diz melhor que a outra, e a felicidade confusa, vai embora...

Busque em seu interior o segredo da felicidade dos simples, aquela que pede apenas que você respeite os seus limites, não fale mais do que deve, não comente o que não sabe, não gaste além das suas posses, não deseje o que não lhe pertence, não aceite situações que ferem a sua consciência, não entregue seus sonhos nas mãos de ninguém, seja sempre, o construtor e o guia dos seus desejos. Busque a religiosidade que te liga ao Criador, de maneira simples, como Jesus sempre foi.

Agradeça tudo, o pão, a vida e a misericórdia, agradeça até o que não entendeu, pois muitas vezes, o que parece um desgosto, um erro, é na verdade a salvação. Quantos já perderam um passeio que acabou em tragédia? Quantos não adoeceram e evitaram acontecimentos piores? Quantos relacionamentos terminaram para nascer um grande amor? Porquanto não sabemos o que é realmente melhor para nós, é que devemos afastar as lamentações e agradecer sempre, não desistir nunca, e mesmo diante de uma cortina de lágrimas, seguir adiante, em busca do que acreditamos.

Assim, a felicidade se mostra mais simples do que imaginamos, porque ser feliz é um estado íntimo e pessoal, é algo que podemos dividir, mas jamais tirar de alguém para nosso próprio uso. Felicidade se conquista todos os dias...

Enviado por Renato J.G. Filho