A Serpente e o Pirilampo

Uma vez uma serpente começou a perseguir um pirilampo. Cheio de medo, o pirilampo fugia rapidamente, mas a serpente continuava atrás dele sem desistir. E isto durou e durou até que no terceiro dia de perseguição o pirilampo, já sem forças, resolveu parar e perguntou à serpente:

— Posso fazer-te três perguntas?

— Não costumo abrir esse precedente, mas já que te vou devorar, podes perguntar...

— Pertenço à tua cadeia alimentar ?

— Não.

— Fiz-te algum mal?

— Não.

— Então porque queres acabar comigo?

— Porque não suporto ver você brilhar...